Resenha: O Poder da Honra, William R. Silva

Título: O Poder da Honra - A Redenção #1
Autor: William R. Silva
Páginas: 222

"Redenção, o primeiro livro da série O Poder da Honra, apresenta Dionísio, um adolescente acima do peso que se revolta devido às constantes humilhações, desprezo e desilusões amorosas. Agredido moral e fisicamente, esse jovem vai de um extremo a outro em sua busca constante por aceitação e respeito. Quando tudo parece perdido e fadado ao caos, um misterioso homem surge para revolucionar sua vida. Nos dez anos seguintes, acompanhamos Dionísio em sua aventura cheia de descobertas, ação e lições valiosas junto a um grupo de Homens de Honra igualmente misterioso e fascinante. Entre tristezas, alegrias e superações, ele se transforma em um homem completamente diferente do menino tímido que fora antes"

O Poder da Honra me causou um misto de sentimentos, pois apesar de não concordar com vários pontos, até entendo o ponto de vista dos personagens. Espero  que todos possam entender os motivos.
Em O Poder da Honra iremos conhecer a história do Dionísio.
Dionísio é um garoto obeso, desajeitado e muito tímido, que tem apenas um amigo, e um amor platônico por Ana Júlia. 
Após Ana Júlia juntamente com alguns dos garotos mais cruéis do colégio preparam uma emboscada para Dionísio e o humilham de todas as formas possíveis, ele é impedido de chegar à um extremo por Nelson Átila, um homem misterioso que surge em sua vida, e após isso, Dionísio, que foi abandonado pelo pai e negligenciado a vida toda pela mãe parte em busca de evolução.
Mas o Dionísio acha que para chegar à essa evolução basta mudar sua forma física e "pegar" mulher.
É aí que não concordo, pois por muitas vezes é citado que a evolução do homem está ligada à virilidade e a boa forma física, e que as mulheres tem uma parcela de culpa nisso.
É claro que essa ideologia cada leitor interpretará de uma forma diferente, e cabe a cada um aceitá-la ou não. Eu particularmente discordo de vários pontos, não sei se porque nunca me deixei levar pela opinião alheia, e nem me importava com o bullying que sofria quando era criança/adolescente (sempre fui muito, muito magra e imaginem os apelidos que tinha na escola?), sempre encarei tudo isso muito bem sem abaixar a cabeça, sem sofrer com isso... e se alguém ameaçava me bater? Ahhh, mas eu contava pro meu pai e minha mãe e eles causavam, hahaha. Enfim, talvez seja por isso que não entendi muito bem o Dionísio e às vezes sentia vontade de dar uns tapas para ver se ele abria os olhos para a vida 
Em  alguns momentos até senti certa empatia pelo Dionísio, mas logo ele se deixava levar por sentimentos ruins, o que atrapalhava seu amadurecimento, pois apesar dos pontos que não concordo, o Dionísio amadureceu bastante, principalmente na parte final do livro, batalhou por seus objetivos.
Após passar pelo avassalador surto de reflexão, é tomado por um impulso partindo o peito, uma energia tão forte e avassaladora que aos poucos contagiava todo o corpo.
O livro é narrado em terceira pessoa mostrando vários pontos de vista diferentes, o que gosto muito, dá para ter uma visão geral de toda a história.

A Redenção é o primeiro livro, no segundo imagino que Dionísio irá enfrentar depois de todo esse tempo as pessoas que fizeram tanto mal a ele.
Se eu for falar muito mais que isso vou acabar soltando vários spoilers então é isso.

Vou deixar aqui embaixo os links para contato.
Se quiser receber marcadores autografados é só entrar em contato com o William no e-mail: williamvendalivros@hotmail.com

Participem do sorteio que está rolando aqui no blog! Clique AQUI.

Por isso é hoje pessoal!
Bjs e até a próxima!









18 comentários:

  1. Já ouvi falar bastante desse livro e até por coincidência minha mãe tem, mais ainda não tive a oportunidade de ler porque ultimamente tem muitas coisas pra resolver mais assim que eu poder vou fazer o possível para lelo :D
    Abraços!!!

    http://www.pedrosanttos.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, querida!
    Os pontos que você não concorda também são os que não concordo e o livro não faz meu estilo também.
    Me pareceu com uma linha bem determinista e eu odeio isso...
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Angel,

    Super concordo com vc em relação a esse estereotipo que muitos machistas nos acometem.
    Confesso que sua resenha me fez sentir muito pelo Dionisio, poxa infelizmente essa é a realidade de muitos adolescentes hoje em dia nas escolas, o Bullying está de uma forma desenfreada que precisa imediatamente ser contida.

    Fiquei bem curiosa para ler o livro, é bem meu estilo, tomara q ele tenha encontrado a Ana Júlia e feito ela pagar pelas humilhações.

    Beijos e obrigada pela visita lá no Blog

    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Angel,

    Super concordo com vc em relação a esse estereotipo que muitos machistas nos acometem.
    Confesso que sua resenha me fez sentir muito pelo Dionisio, poxa infelizmente essa é a realidade de muitos adolescentes hoje em dia nas escolas, o Bullying está de uma forma desenfreada que precisa imediatamente ser contida.

    Fiquei bem curiosa para ler o livro, é bem meu estilo, tomara q ele tenha encontrado a Ana Júlia e feito ela pagar pelas humilhações.

    Beijos e obrigada pela visita lá no Blog

    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Acho que também me incomodaria um pouco com essa questão da virilidade e forma física que você citou, mas no geral a história parece ser muito interessante. Mais uma vez parabéns pelo ótima resenha :)
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Oi Angélica,
    Bom n curti o enredo, acho q fui mais influencia pelo seu ponto de vista, tb n concordo, ideologia machista!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Angélica, tudo bem? Não conhecia o livro e o autor, e apesar de ter achado a sinopse interessante, acho que não gostaria do desenvolvimento. Acho que também não concordaria com a forma que o Dionísio encontrou para lidar com as coisas, e com certeza em alguns momentos eu ficaria com raiva dele. Mas acho que cada um tem uma forma de lidar com o bullying... mas com certeza não gosto desse machismo. Enfim, não seria um livro que eu compraria para ler, mas se eu ganhasse eu até leria. Apesar de tudo, desejo muito sucesso ao autor.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima //
    Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro e o autor, mas acho que também ia querer dar uns tapas nele de vez quando para que crescesse. Vou procurar mais informações do livro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  9. OOi, não conhecia o livro e gostei bastante do que o autor aborda durante a história! Não gosto muito de livros em terceira pessoa, mas tenho exceções! Quem sabe esse não pode ser um ?
    Sua resenha está muito boa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Angelica... nao conhecia o autor, nem o livro... mas eu ja entendo o lado do Dionisio... parece idiotice eu sei, mas cara... bulling é complicado demais e eu acho que quando é por sobrepeso é mais pesado mesmo e pode parecer que eu seja uma depressiva do caramba kkk mas assim, eu também tenho a impressao de que o esteriotipo pré determinado pela sociedade facilita os relacionamentos afetivos... atualmente as pessoas parecem que não estão ligadas na pessoa realmente, mas no físico...

    Eu leria esse livro? Acho que não... pois apesar dele parecer ser muito bom, acho que mexeria com esses meus brios que já sao meio complexados, acho que vc reparou pelo comentario ne?

    beijao linda

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu já vi comentários sobre esse livro e acredito que foi aqui no seu blog mesmo. O poder da honra parece ser um livro muito bom, ele tem uma premissa diferente do que costumo ler, por isso fiquei curiosa, pois às vezes gosto de sair da minha zona de conforto literária, sabe? Enfim, gostei da resenha e se tiver oportunidade de ler o livro com certeza lerei oo/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Nossa, que interessante a premissa, gostei de verdade, fiquei muito interessada na leitura haha muito legal histórias de superação e tudo mais.
    Sua resenha está ótima ;)

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Ola Angel esse tema está em alta e as consequências para as pessoas que sofrem essa humilhação, gosto de ler livros assim e ver a superação e como ficam as pessoas sem noção que fazem isso. Não gosto desse exagero que li sobre o tema. Anotada sua dica de leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Já tinha visto sobre esse livro antes, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha.
    Fiquei bem dividida se quero ler ou não. Esses pontos que te desagradaram, certamente iriam me desagradar também, e muito! Então acho melhor ler em uma época que eu estiver com mais paciência do que no momento! hehehehe
    Ótima resenha! Muito esclarecedora, sem spoilers! ;)

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bom?
    A premissa do livro é bastante interessante, mas não gostei muito da personalidade do Dionísio. Claro que lidar com o bullying não é uma das coisas mais fáceis do mundo, mas não me senti atraída pela narrativa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha, e vou com certeza participar do sorteio!
    Beijos, http://letrasemvida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Primeira vez que leio algo sobre esse livro, achei bem interessante, mas infelizmente não tenho certeza se eu leria, irei colocar na minha lista quem sabe um dia eu o leia.

    ResponderExcluir
  18. AInda nao tinha visto esse livro e o tema me pareceu bem legal!!!

    Obrigada pela dica!!


    www.devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.