terça-feira, 16 de junho de 2015

Resenha: Xeque-Mate, Dill Ferreira

Título: Xeque-Mate
Autora: Dill Ferreira
Editora: Modo Editora, selo Genérico
Páginas: 316
SKOOB
Livro cedido pela autora parceira
Depois de conhecer o belo e misterioso Marcus, no badalado Carnaval carioca, e ser abandonada por ele, Thaissa retoma sua rotina carregada de boas lembranças e um desejo intenso de algo que ficara inacabado e a atormentava constantemente. Enquanto tentava, sem sucesso, esquecer-se das carícias e dos beijos que partilharam surge a sua frente o novo sócio da empresa de seu pai. E ele é nada mais nada menos que Marcus, o homem que tumultuava seus pensamentos. Começará aí um jogo de paixão, luxúria, mágoa e intrigas. Em que o destino, usando de suas artimanhas, lhes colocará frente a frente para o confronto final. Onde vencerão juntos, ou ambos sairão perdedores. Quem será o grande vencedor nesse jogo de amor?

Em Xeque-Mate iremos conhecer Thaissa, uma goiana na casa dos 30 anos, bem resolvida pessoal e profissionalmente, que vai com alguns amigos passar o carnaval no Rio de Janeiro.
Ela só quer aproveitar a festa e toda a beleza dos desfiles, quando Marcus se aproxima, e encantada com a aura de mistério que o envolve, Thaissa não o dispensa como fez com os outros "pretendentes".
Depois de conversarem bastante, sem que Marcus revele muita coisa sobre si, e uma intensa troca de beijos e carícias, ele vai embora, deixando Thaissa um tanto frustrada.

Passado o carnaval, Thaissa e seus amigos retornam para Goiânia, e para a vida normal. Thaissa trabalha na Fênix, uma empresa de marketing onde ela e seu pai André são sócios, mas ela não imaginava que o destino iria lhe pregar uma peça, pois logo ela é informada que a empresa tem um novo acionista, e imaginem a surpresa dela quando descobre que o tal acionista é ninguém menos que Marcus, seu affair de carnaval.

Thaissa que já não conseguia esquecer os momentos que teve com Marcus no carnaval, fica ainda mais perturbada com a proximidade, mas ele é um homem muito diferente do que ela imaginava, assim começam as desavenças entre os dois, pois Marcus também teve uma impressão precipitada sobre a mulher que Thaissa realmente é.

Em meio a tudo isso, Thaissa ainda tem que lidar com a ambiciosa e venenosa Letícia, que foi amante de seu pai e que faz de tudo para feri-la.


Muitas reviravoltas acontecem, Marcus e Thaissa vão se conhecendo cada vez melhor, o entrosamento que houve no carnaval vai aparecendo timidamente, resultando algumas cenas bem calientes. Tem sexo também, mas nada estilo Sylvia Day, que a personagem pisca para o cara e eles já vão pra cama, sofá, carro, matinho. Não, em Xeque-Mate as cenas são mais suaves, a linguagem não é pesada. Eu diria que é até bem delicada a narrativa do sexo.

Não tive aqueeela conexão com os personagens, mas gostei bastante do desenvolvimento do romance, pois apesar da atração que aparece desde o momento em que eles se conhecem no carnaval, e dos arranca-rabo quando o Marcus aparece na empresa, não foi aquela coisa de te odeio agora mas em 5 minutos irei me apaixonar. Eles vão se conhecendo verdadeiramente e se rendendo aos poucos à paixão, passando pelos obstáculos que eventualmente surgem sem muito mimimi.

Na Thaissa não notei mudança durante o desenrolar da história (ela já era bastante madura), mas o Marcus se livrou de preconceitos, amadureceu bastante.

O livro é narrado em terceira pessoa, com o foco principalmente na Thaissa. Apesar de ter compreendido bem como o Marcus se sentia, eu gostaria de ter tido mais contato com ele, acho que foi o que faltou para ele ser meu próximo namorado literário, hahaha! 
E a narrativa é bem fluída, depois de um livro que me deixou de ressaca, e um que quase me matou com a protagonista mimizenta, Xeque-Mate veio para me salvar!

Quanto a diagramação está simples e bonita e a capa condiz com o livro (a moça tem as descrições da Thaissa).
Eu detesto pegar um livro com a protagonista morena e colocam uma loira na capa. Humpf!

E Xeque-Mate é um livro que nos mostra também que não devemos nos deixar enganar pelas aparências, ou primeiras impressões.




A Dill me enviou o livro autografado e marcadores também. os marcadores farei sorteio, só preciso criar vergonha na cara.

Curtam a página da Dill no facebook e acompanhem as novidades!



Beijos!

30 comentários:

  1. É segunda resenha que leio desse livro. E a sua trouxe outros pontos que eu ainda não conhecia do livro. Não é um livro que me desperte curiosidade, mas não descartaria lê-lo, pois gostaria de saber com a autora fez para personagem Marcus lidar com seus preconceitos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oiiiii.
    Estou com o livro na minha estante, esperando para ser lido kkkk.
    Olha, gostei de saber que o livro tem reviravoltas e tal, mas o chato é que você não conseguiu ter uma boa conexão com os personagens. :(
    Também detesto quando um personagem é completamente diferente da pessoa da capa. Ainda bem que a capa segue as características da personagem.
    Amei a resenha, bem escrita e sincera.
    bjs

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2015/06/parceria-leticia-vilela-e-rita-pinheiro.html

    ResponderExcluir
  3. A principio não é uma historia que eu leria. Ainda tenho um bloqueio quando vejo personagens masculinos descritos como "altos, fortes, bonitos, sensuais", em termos de beleza masculina eu preferiria que fosse algo soturno. Pra descrever maios ou menos eu gostaria de ler um livro onde o personagem masculino tivesse um charme estilo Tim Burtom. É interessante que a historia se passe no Brasil. Roberto Drummond, meu autor favorito, escreve seus romances com muitos elementos de Belo Horizonte ( que é a cidade do meu coração), assim enquanto leio posso visualizar os lugares, e as vezes vou mesmo aos lugares e fico imaginando se poderia encontrar um de seus personagens. Eu era doido pra conhecer ele, mas só fui saber que ele estava vivo depois que ele morreu... tenho a mania de achar que todos os autores estão mortos.Você pontou que o personagem masculino vai se desenvolver e amadurecer desconstruindo seus próprios preconceitos, esse foi o ponto que me chamou atenção, por esse trecho eu deixaria um espaço aberto para ler o livro. Do contrario não o faria mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Oi. A Dill é uma amiga que tenho em estima profunda.
    Já conheço a escrita dela, mas ainda não li o livro em questão, adorei sua resenha, bem direta e explanou bem o enredo e personagens.

    ResponderExcluir
  5. Ola Angel estou com esse livro e ainda não consegui ler, uma pena a protagonista não ter crescido durante a trama. Já li muitos elogios a esse livro, e sempre temos alguma víbora para prejudicar a protagonista. Espero gostar da leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Olá
    achei muito top a diagramação, na verdade a modo arrasa sesse quesito rsrs, muito top a sua resenha achei o livro bem legal e olha que eu não sou muito fã de livros assim meio Hot's kk
    Bjks
    Passa Lá No Meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Sempre quis ler esse livro principalmente pela capa e por gostar de romances hot.
    Gosto de quando os persoangens se conhecem aos poucos e não aquela paixão avassaladora logo de cara e uma piscada vai pro matinho rsrs. Também gosto das partes maiores sendo maculina que pena que nesse livro não foi tanto.
    Amei sua resenha

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu nunca leria esse livro se fosse pela capa. Dá a entender que é um livro mega hot e você disse que as cenas de sexo não são o tempo todo e até uma narrativa mais suave, o que já me deu um alívio, porque detesto livros hot demais.
    Achei o enredo legal, talvez o leia futuramente.
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Angélica...
    Esse livro pela capa não me chamou a atenção não porque eu não curto muito livros que tem pessoas na capa sabe? Ainda mais assim, como posso dizer? Provocantes!
    Mas eu gostei bastante da história e da sua resenha, é um livro que eu daria a oportunidade para a leitura, mas que eu não sei se compraria :/

    beijos
    Mayara
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Angélica
    Amei a resenha... preciso ler esse livro!
    Queria saber se a resenha de Aurora já está perto... Tô louco pra saber o que você achou desse comecinho da história. ;)

    ResponderExcluir
  11. Oie,
    Tem tempos que quero ler esse livro.
    Não gosto da pegada hot mas esse me interessou pela história e pelos elogias a escrita da autora.
    Estava participando de BT dele mas cancelaram :(

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  12. Agradeço muito pelo espaço Angélica. E obrigada pela resenha super bem feita e direta, gosto disso.
    Li todos os comentários postados até agora e fiquei muito feliz pela repercussão da obra. Seu espaço é mesmo badalado kkkkkkkkk.
    Beijinhos e até a próxima.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?

    Que delícia! Adoro livros nacionais. Adorei como o personagem em questão evoluiu. E também gostei dos cenários da história aqui no Brasil. Outro ponto bacana foi a moral que o livro passa. Bem interessante!

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  14. Olá, nossa!!! quando vi a capa do livro achei seria mais um hot e que não curto o gênero, mas lendo a resenha percebi que é um pouco mais leve e talvez eu goste de ler, aliás fiquei foi curiosa para ler, gostei dos personagens, pelo menos da maneira como você descreveu, e espero poder ler.

    http://www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Parabéns pela resenha,
    tive o prazer de ler o livro faz pouco tempo.
    A Dill escreve muito bem, só sofri por ela, com o que a editora fez
    deixando tantas falhas na revisão do livro.
    Que merecia ter sido mais cuidado.
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que esse livro nunca chamou a minha atenção, a premissa até que é bacana, mas não é algo que chamou a minha atenção, sabe? E mesmo sendo um livro com cenas hots mais delicadas (algo que eu gosto) eu não irei ler esse livro.

    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Estou com esse livro pra ler já faz um mês e mesmo assim ainda não consegui fazer a leitura dele. Acho o tema bem batido e não chamou muito minha atenção, mesmo sua resenha sendo muito boa.

    http://teoremasdamimosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oláá
    Bom, essa capa não me atrai nada e já havia ouvido falar do livro mas realmente não tenho muita vontade de ler, sua resenha está ótima e que bom que o livro te salvou depois das leitura anteriores haha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Angélica, gostei bastante de como você mostrou seu ponto de vista sobre a obra.
    Acho que eu iria gostar do livro porque gosto de livros com pegadas hots, ainda mais se não for tão forçado como olhar pegou.
    Acho que leria ele sim.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  20. Adorei a trama, sua resenha me instigou a querer ler o livro. *-*
    E realmente, também me da uma coisa quando a pessoa da capa não tem as mesmas características, fico muito desapontada.hahaha
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  21. bom Angel se vc não teve aquelllaaaa conexão com os personagens já imagino que eu terei muito menos rsrsrs
    sabe que eu descobri que estou meia enjoada desse gênero
    bjus

    ResponderExcluir
  22. Oie!!!

    puxa tenho muita vontade de ler esse livro, uma amiga minha leu e amou. Gostei muito de sua resenha ;) bjs

    ResponderExcluir
  23. Primeira resenha que leio desse livro e já sei que não é o meu tipo de leitura. Não sei, gostei do enredo, mas livros desse genero não combinam muito comigo.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Infelizmente este livro não me conquista.
    Acredito que para os fãs do gênero a obra possa ser um prato cheio, mas no momento estou praticamente fugindo de livros com esta premissa.

    ResponderExcluir
  25. Já vi outra resenha desse livro e a sua opinião é bem parecida.

    Não é meu tipo de livro, mas acho muito bacana que a literatura brasileira está variando e ganhando cada vez mais leitores.

    Achei a diagramação bem bacana, mas é realmente uma merda enorme quando a gente não consegue se identificar com os personagens. Eu raramente termino o livro quando não me identifico com os personagens.

    Beijos,
    http://www.lanaminhaestante.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Flor.
    Muito boa sua resenha.
    Apesar de a sinopse e a capa não me atraírem tanto, fiquei um pouco curiosa com a história.
    A diagramação ficou muito bonita.
    Estarei esperando o sorteio dos marcadores.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oie, tudo bom?
    Acho que essa foi a resenha mais completa desse livro que li. Gostei da premissa e do envolvimento gradual do casal. Só acho que a capa não condiz totalmente com a história.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oii, tudo bem?
    Eu já li esse livro, e assim como você, não consegui ter aquela conexão :( gostei da história, mas acho que poderia ter sido melhor, na minha opinião sabe, até achei algumas partes meio confusas de se entender. Mas que bom que você gostou.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  29. Oi Angélica,
    Não sou muito fã de livros deste gênero. Sei que posso estar perdendo leituras ótimas, mas acho que ainda não é o momento. Você reparou que muito dos autores brasileiros estão se especializando em livros "hot"? Será que foi o sucesso dos 50 tons que inspirou os autores, rs? Enfim, a história em si, parece ser bem legal, quem sabe um dia eu dou uma chance?
    Um beijo!
    Blog Monykisses
    Blog Os Literatos

    ResponderExcluir
  30. Oi, Angélica.
    Não gosto de livros do gênero, mas com certeza é uma obra que agrada fãs de 50 Tons. Eu prefiro minhas fantasias épicas hahaha Ah, a diagramação ficou linda mesmo. Boa resenha, me deixou curiosa especialmente na parte do Marcus.
    Beijos,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © A. Libri | Layout e personalização por VR Design