Resenha: Para Continuar, Felipe Colbert

Título: Para Continuar
Autor: Felipe Colbert
Editora: Editora Novo Conceito, selo Novas Páginas
Páginas: 224
Compre no Amazon
Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso.
Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.
A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.


O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.


Primeiro livro do Felipe que li, Para Continuar trás a história de Leonardo, um jovem que sofre de uma doença no coração e por conta disso tem uma vida bastante limitada e pais superprotetores.
Um dia, voltando da faculdade, no metro ele vê uma garota japonesa, que imediatamente o cativa de alguma forma, mas ele não faz mais que perguntar qual música ela está ouvindo e ela não faz mais que colocar o fone no ouvido dele.
A garota desce na estação da Liberdade, e depois desse dia, Leonardo começa a pegar o mesmo metrô com mais frequência, na esperança de encontrá-la novamente. Até que encontra e não pensa duas vezes antes de  segui-la.
A garota é Ayako, e vive com seu avô "nos fundos" da loja de luminárias da família.
Ayako e seu avô escondem um segredo, até mesmo de Ho (garoto chinês tutelado pelo avô de Ayako), no porão da loja, existe um lugar mágico, onde existem milhares de lanternas japonesas, que se acendem quando nasce um amor, e logo a de Leo e Ayako também se acenderá.
Mas as coisas mão são tão fáceis como parecem e nem como eles gostariam, pois o coração de Leonardo pode falhar a qualquer momento, e Ho, que sofre de distúrbios mentais (me perdoem se não for o termo correto, não é especificado no livro o que ele tem) , também representa um perigo ao casal, sobretudo quando se envolve com pessoas perigosas.
Leo e Ayako terão que lutar para manter a lanterna acesa apesar das dificuldades que surgem em seu caminho.

Achei sensacional a proposta do autor em ter as lanternas representando o amor, nunca tinha lido nada semelhante, só senti que o tema poderia ter sido mais explorado do que de fato foi.
O romance entre Leo e Ayako no geral é bem tranquilo e bonitinho apesar da forma estranha que começou, com ele seguindo-a, mas afinal, de que outra forma ele iria conseguir falar com ela?
Ele é um bom garoto, tem seus momentos ruins por causa da doença e um talento incrível para desenhar.
Ayako é uma garota doce e dedicada à seus afazeres na loja, ao seu avô e também Ho, que ela sabe que é apaixonado por ela, mas o que sente por ele é a mesma coisa que sentiria por um irmão.
O avô de Ayako é muito sábio e orienta a neta em tudo o que ela precisa.
Leo tem um melhor amigo chamado Penken, que o ajuda com suas maluquices.

No geral gostei bastante do livro, que é narrado parte em primeira pessoa pelo Leonardo e parte em terceira sob o ponto de vista dos demais personagens e temos uma visão bem ampla de tudo o que está acontecendo.
A narrativa é bem fluída e como o livro é curtinho li super rápido.
Como disse, só senti falta de um aprofundamento maior em relação às lanternas e o romance também, não atrapalhou a leitura é claro, e nem me fez gostar menos da história, mas acho que causaria mais impacto.
O final do livro foi bem bonito, esperava por qualquer coisa, menos pelo que ocorreu de fato.

“Você está vendo algo mágico, mas a magia não se limita a atos extraordinários. Ela está no nosso dia a dia. Se você for observadora, vai reconhecê-la.”

25 comentários:

  1. Nossa já vi várias vezes esse livro em livrarias e internet mas nunca me atentei a ler ele. Parabéns pela resenha está linda amei.

    Beijos
    Books And Carpe Diem

    ResponderExcluir
  2. Oi, Angélica, tudo bem?

    Esse lance das lanternas realmente é muito interessante! Achei essa mistura de culturas muito legal também.
    Ele tem uma pegada meio sobrenatural, né?
    Se tiver oportunidade eu lerei! :)
    Parabéns pelo blog, não conhecia!

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Oee,
    Eu já li várias resenhas desse livro e até hoje ele não me convenceu :/

    Étreintes!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Angélica.

    Nâo conhecia seu blog. Parabéns pelas resenhas!
    Confesso que sou meio pé atrás com esse gênero, tenho uma certa preguicinha sabe?

    Beijos.

    Kamylla Prado.
    Vidaemsérie.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa!! Achei algo bem diferente esse livro! Também nunca tinha visto nada parecido, sobre isso de lanternas e tal.. bastante criativo! Mas não sei se o livro me cativaria muito, quem sabe um dia eu não leio né? Flores no Outono

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Eu não curti tanto assim o livro, mas gostei da proposta, ainda mais por ele se passar em São Paulo.

    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - SORTEIOS NO BLOG! PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
  7. Oi, Angélica.

    Conheço a escrita do autor, não gosto, ele escreve de forma mecânica e isso me incomoda. Recebi esse livro aqui e encontrei o mesmo problema dos outros livros.

    ResponderExcluir
  8. Angélica, sou louca para ler algo do Felipe, mas ainda não rolou.
    Acho a ideia da história bem bacana e a capa muito bonita.
    Espero poder ler em breve.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  9. Oie tudo bem? Quero muito ler este livro, já quis desistir de lê-lo, mas sua resenha me fez criar esperanças de novo kkkk

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Eu li esse livro, mas a história não funcionou comigo. Confesso que o casal não me conquistou, principalmente o mocinho que nada me agradou. Eu gostei do mistério das lanternas, e foi algo bem delicado na trama. Uma pena que eu não tenha gostado tanto assim da história.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  11. Lembro que quando saiu a febre desse livro eu tava doida pra ler, aí passou... Mas essa sua resenha me diz que definitivamente preciso ler, acho que ele pecou por não querer deixar romance meloso e deixou faltar romance, mas, não perde a magia e o encanto.

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Sou louca pra ler esse livro! Eu tive a oportunidade de conhecer o Felipe na bienal do Rio, mas não pude comprar seu livro :/ a premissa é linda, impossível não amar e torcer pelo casal - já shippo antes mesmo de ler hahahaha

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Angélica a sua resenha não é a primeira que leio que diz que faltou um aprofundamento no livro, isso me deixa desanimada para lê-lo. Nunca li nada do autor e estava até um tiquinho curiosa, mas depois de tantas resenhas dizendo o mesmo eu meio que desisti.

    ResponderExcluir
  14. Angel lindona tudo bem ?
    A premisssa do livro não me chamou atenção dessa vez, fiquei com a impressão que a leitura desse livro é um pouco lenta não sei por que, quem sabe em outro momento eu leia. Amei a ideia das lanternas representando o amor muito interessante esse fato. beijos


    Joyce
    wwww.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  15. Muitas blogs fala muito bem do Felipe, eu nunca li nada dele, mais esse livro parece ter um enredo muito bom

    ResponderExcluir
  16. Oi Angélica!
    Eu adoro o Felipe Colbert desde seus primeiros livros, mas este, em especial, conquistou meu coração. Eu chorei demais com o final e também esperava qualquer coisa, menos aquilo. Amei as lanternas e não cheguei a sentir falta de profundidade. Foi um dos melhores livros nacionais que já li e recomendo demais a todos.

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Angélica!
    Ano retrasado eu li Beleville, do Felipe, e caí de amores pela história e pela narrativa incrível dele. <3 Quando vi que ele lançou Pra Continuar fiquei ansiosa e comprei ele na quinta-feira da semana passada. Estou doida pra passá-lo na frente dos demais e conhecer mais essa história.
    Eu amo romances fofos e sei que vou amar essa história. E fiquei curiosa pra saber o que me aguarda no final. hahaha Se for tão bom quanto o de Beleville sinto que ficarei sem chão.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  18. Oiii!!

    Eu sou apaixonada por essa capa, mas não li ainda esse livro e já vi algumas críticas para obra dizendo a mesma coisa que você. Acho que faltou um pouco de aprofundamento e acredito que mesmo assim a obra não perdeu o brilho dela.

    Eu adoro quando há uma mistura entre narrativas.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Oie
    quero ler o livro desde que lançou pois vi vários elogios e parece ser uma leitura bem gostosa e rápida, sua resenha me deixou ainda mais curiosa, essa capa é lindinha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Estou com um livro dele aqui na estante para ler e até agora não tive tempo. Quero muito ler esse livro (principalmente por ser passar em SP e eu ainda não ter lido nada passado lá). Só vejo elogios para a escrita do autor. Fora essa capa lindamente chamativa. Quero!

    ResponderExcluir
  21. Ele estava no estande da Novo Conceito na Bienal do Rio. Espero encontrá-lo na Bienal de SP hahah

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bom?
    Gostei bastante de sua resenha. Para continuar não é um livro que muito me interesse, e você não é a primeira que eu vejo dizer que é uma história rasa, o que só contribui para que eu não sinta vontade de ler.
    Beijos,
    http://www.quinzeinvernos.com/

    ResponderExcluir
  23. Não é uma leitura que vá me prender, mas fico feliz que você tenha gostado. Sua resenha esta bem legal.
    Bjin

    http://reinoliterariobr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bom?
    Esse livro tem uma certa delicadeza que é bem interessante. Pena que faltou explorar mais algumas coisas, mas parece ser um livro cativante. Um nacional que parece ter uma boa narrativa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Ei, tudo bem?
    Não sou chegada a livros fofos, mas achei bem interessante esse lance das lanternas, dá um ar mais fofo a história. Talvez eu dê uma oportunidade a ele mais pra frente.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.