Resenha: Máscara - A vida não é um jogo, Luiz Henrique Mazzaron


Título: Máscara - A vida não é um jogo
Autor: Luiz Henrique Mazzaron
Editora: Novo Século
Selo: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 366
Livro cedido pelo autor para resenha

Acesse SHOPPING UOL e aproveite todas as promoções do livro
Máscara - No mundo de Domus, a morte é a moeda que alimenta o jogo. E a verdade pode custar a vida.Liam é um garoto que viveu por muito tempo isolado devido aos constantes castigos do sádico tio, um carrasco ex-militar. Porém, inesperadamente, surge uma entidade maléfica, uma figura das trevas trajando uma máscara, e passa a o perseguir, levando-o a participar de um jogo num mundo surreal, chamado Domus.Junto a um grupo, Liam parte para uma experiência alucinante, em que os pecados da humanidade serão colocados em xeque, como numa espécie de julgamento. Um combate onde o principal objetivo do adversário é mostrar o quão odiosa é a raça humana…Mas ainda há muitos mistérios que rodeiam este intrincado jogo. Por qual motivo a criatura possui tamanha obsessão por ele? E vale a pena prosseguir, já que a morte é a única certeza?
Liam não teve uma infância fácil e nem normal.
Depois que seus pais adotivos foram brutalmente assassinados quando ele ainda era um bebê, passou a viver com um tio sádico e odioso, que o escravizava, obrigando-o a fazer serviços domésticos enquanto o porco bebia, comia e assistia TV, entre outras coisas.
Mas um dia esse sofrimento chega ao fim quando uma mulher misteriosa o resgata, arriscando a própria vida, mas nesse momento o que Liam não imaginava é que tudo poderia piorar e uma criatura misteriosa começa uma caçada desenfreada por Liam e deixa um rastro de sangue e mortes por onde passa.
Com a ajuda do policial Craig, e juntamente com algumas outras pessoas, Liam consegue escapar de tal criatura e começando uma nova vida, longe de tudo de ruim que aconteceu.
Anos após o ocorrido, novamente coisas estranhas começam acontecer na vida de Liam, até que um dia ele se vê em um local estranho, com pessoas desconhecidas, dentro de um jogo em que eles são os peões, e qualquer deslize pode levá-los à morte.
Os dois se encaravam e, num piscar de olhos, uma luta foi travada entre os dois. Liam queria ficar olhando aquela cena curiosa, queria descobrir o que aquilo significava. Mas algo lhe cobriu os olhos e a boca, e ele caiu na mais profunda escuridão.
Faz uma semana que terminei a leitura, só agora criei coragem de escrever essa resenha. O livro é muito bom, mas me deixou com muito medo e já explico o motivo.

Ao chegar no Domus, Liam e este grupo de pessoas cuja a única coisa em comum é que todos tem algum segredo, seja um passado sujo ou outra coisa, menos ele próprio, afinal ele é só um adolescente que sofreu muito durante a infância e não cometeu nenhum "pecado" que o elevasse ao nível de seus companheiros de jogo, enfim, ao começarem explorar esse mundo, eles percebem que é muito parecido com o nosso, com a diferença que a população foi dizimada e o mundo está dominado por zumbis, e além de tentar entender o que está acontecendo, o motivo de estarem ali, passando por todos aquelas provas doentias, tem que lutar contra os malditos zumbis e tentar conviver em grupo, tarefa nada fácil, devido às diversas personalidades de cada um. E não bastasse tudo isso, Liam é submetido a vários testes isolados, por estranhas criaturas mascaradas e precisa de muita coragem e sangue frio para passar por eles, não vou dizer o motivo para não dar spoiler.
Mas a grande questão é: por que somente o Liam passa por tais provações, o que ele tem de diferente dos outros?
Bom, esse é um mistério que será revelado no momento certo.

O livro é narrado em terceira pessoa, o que nos possibilita saber o que está acontecendo com Craig aqui no mundo real, como está a busca por Liam, como estão as pessoas que conviviam com ele.
O ritmo da narrativa é eletrizante e apesar do medo, eu não conseguia parar de ler, tanto que quando faltava umas 120 páginas não consegui dormir até terminar. Agora me imaginem aqui, morrendo de medo na sala (de madrugada) lendo Máscara e começo escutar sons estranhos vindo do outro lado da porta? Tenso né? hahaha!

Agora vou contar uma coisa para vocês que poucos sabem: morro de medo de zumbis, The Walking Dead, Resident Evil, não assisto! Morro de medo dos malditos, agora imaginem como me senti quando o primeiro apareceu na trama? Minha alma quase saiu do corpo de tanto medo, e agora aqui lembrando deles estou com medo de novo.
Apesar do medo, o fato de ter zumbis na história não diminuiu ou atrapalhou o meu ritmo de leitura, pois o livro é muito, muito, muito bom, a escrita do Luiz é muito fluida, e o livro não fica cansativo em momento algum, tudo acontece muito rápido.
Os personagens são bem construídos, e apesar de até certo ponto do livro não conseguirmos captar exatamente o que e por que acontece cada coisa, tudo é esclarecido ao longo do "jogo".
-Sabe o que o se humano faz para mascarar seus sentimentos na maioria das vezes?
-O quê?
-As pessoas sorriem. Sorrisos falsos. Máscaras. É isso que me fascina em vocês.
Ahh, e não poderia deixar de falar do final do livro: não tenho nem palavras para descrever o que senti com aquele final, me deixou totalmente com o coração na mão, totalmente inesperado e fiquei pensando: "Luiz cruel". Acho que reli umas 3 ou 4 vezes as a última parte do último capítulo.

E por falar em última parte do último capítulo, o livro é dividido em 6 partes, 50 capítulos, além do prólogo (que é bem perturbador), e cada capítulo é dividido em várias partes, que como eu já disse, deixa a história com um ritmo eletrizante.





Para não correr o risco de soltar spoiler, fico por aqui, quem quiser adquirir o livro, deixei ali em cima o link do Shopping UOL, lá tem todas as promoções e lojas onde o livro está disponível.
E mais uma vez agradeço ao Luiz pela confiança e a oportunidade de conhecer o trabalho dele, que é muito bom.

Participem do sorteio que está rolando aqui no blog! Clique AQUI.

Por isso é hoje pessoal!
Bjs e até a próxima!





18 comentários:

  1. Tive a oportunidade de ler essa grande obra do Luiz, e gostei tanto quanto você.
    Acho que o autor e sua história merecia mais destaque pois a obra é realmente muito boa.

    www.booksever.com.br

    ResponderExcluir
  2. E eu esperando essa resenha, desde que vi a capa e a sinopse. Quero muitão esse livro, agora, muito mais.
    Gente, esse história pareceu tão eletrizante. Também tenho medo de zumbis, mas quero o livro mesmo assim...
    Parabéns pela leitura!
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Já vi várias resenhas positivas sobre esse livro e sempre fico muito curiosa para realizar essa leitura. Adoro histórias sobrenaturais e que trazem muito suspense então acredito que irei adorar a leitura desse livro!
    Li recentemente um livro sobre zumbis e adorei! Espero ter a oportunidade de ler esse em breve e espero gostar da história.

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  4. Gente, que capa é essa? Que resenha é essa???? Tô passée composée. Huahuahuahuahuah. Quero ler já! Fiquei tensa só de ler a resenha!!!

    ResponderExcluir
  5. Acho que não leria o filme porque não gosto de zumbis, não por medo, mas porque acho sem graça mesmo meio infantil sabe? Mas pra quem gosta me parece ótimo ,
    Bjus Angel

    ResponderExcluir
  6. Eu não gosto de zumbis, não sinto medo e não consigo ver "graça" neles, mas acho que isso não irá atrapalhar a leitura deste livro.
    Gostei da premissa dele, tirando a parte dos zumbis, então provavelmente eu leia mais por distração :D

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Achei interessante que a narrativa desse livro seja em terceira pessoa. Gosto assim porque posso ter uma visao completa da criação do autor, mas preciso confessar que não é o meu tipo de livro, sabe? Eu até gosto do genêro e tudo mais, mas... acho que não leria.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Parece que esse livro é pra mim. Tem tudo o que eu gosto: terror, medo, zumbis. Mistérios e mais mistérios.
    Gostei mesmo da premissa do livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Me interessei muito, eu vi ele em algum lugar uma vez e a capa não havia me chamado atenção então não havia lido o resumo, me arrependo agora porque eu acho que eu vou gostar de le-lo

    ResponderExcluir
  10. Não li muitas resenhas deste livro, mas as que li foram enfaticas neste ritmo empregado pelo autor. Espero ter chance de ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Ainda não tinha lido nada sobre o livro, mas ele me parece ser muito diferente e isto me agradou. Leria com certeza! Beijos!

    ResponderExcluir
  12. kkkkk rindo até agora quando vc leu que tinha um zumbi no livro e sua alma quase saiu do seu corpo kkkkkkk. Cara tbm tenho muito medo de ver filmes sobre zumbis imagine eu lendo me cago toda kkkkk. Não conhecia o livro nem o autor quem sabe quando eu perder o medo eu leia. Tenho problemas com livro em terceira pessoa tbm, sou meia lenta rsrs. Adorei sua resenha bjs
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu já vi alguns comentários sobre esse livro e fiquei super curiosa, pois além de eu adorar nacionais, esse livro possui uma premissa muuuito interessante e que me deixou super curiosa. Enfim, imagino que a leitura desse livro deva ser super gostosa, por causa do ritmo que a história tem.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Angelicaa
    Ao contrário de você eu amo história de zumbis e esse já me conquistou só por este motivo.
    Adorei sua resenha e premissa do livro, mas essa capa... não me cativou.

    Bjs
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  15. Mano não dava nada por esse livro e to assim de boca aberta com sua resenha, fiquei bem curiosa, vou dar uma chance ao livro.
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Zumbis!!!? Por onde é mesmo a saída!??? rsrs Também não sou muito fã de zumbis não, mas sua resenha trouxe o outro lado da história! Gostei da forma como você escreveu. A capa não me chamava muito a atenção, mas tua resenha está nota 10!

    Parabéns!
    Vanessa Vieira
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bom?
    Eu acompanho The Walking Dead e fiquei bem curiosa para ler um livro que tenha zumbis. Não sou fã de livros de terror, mas fiquei curiosa para conhecer a narrativa desse livro porque já tinha lido outra resenha dele e achei bem instigante. Além disso, sua resenha pontuou muito bem os principais aspectos da história.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oiee, tudo bem?

    Não sei se tenho medo de zumbis porque nunca li nenhuma história com eles huahuahauhua. Mas acho que prefiro continuar sem ler porque eu sou medrosa por natureza. O livro parece ser interessante, mas não o leria por agora

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.