Resenha: Eu Sem Você, Kelly Rimmer

29 julho 2016



Título: Eu Sem Você
Título Original: Me Without You
Autora: Kelly Rimmer
Editora: Editora Arqueiro
Páginas: 304
Compre: Amazon | Cultura | Saraiva | Submarino
Livro cedido pela editora para divulgação
Há um ano, conheci o amor da minha vida. Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco.

Eu tinha um bom emprego em uma agência de publicidade e não fazia outra coisa além de trabalhar. Era incapaz de tomar decisões sobre meu futuro e minha casa inacabada e não sabia aproveitar a vida. Até conhecer Lilah.

Lilah MacDonald era uma advogada ambientalista linda e decidida – e, para minha surpresa, detestava usar sapatos. Era uma pessoa tão maravilhosa que é até difícil descrevê-la.

Nosso relacionamento não poderia ser mais improvável, mas me transformou profundamente. Comecei a enxergar as coisas de outra forma e a redescobrir antigas paixões. Lilah me ensinou a viver outra vez e a aproveitar ao máximo tudo o que a vida tem a oferecer.

Ela me proporcionou momentos incríveis, mas também manteve em segredo algo que partiu meu coração. Ainda assim, se há uma coisa que aprendi com Lilah é que o amor pode curar qualquer ferida.

Meu nome é Callum Roberts e esta é a nossa história.

Callum e Lila se conhecem na balsa, e apesar deles não acreditarem em amor à primeira vista, é exatamente o que acontece entre os dois. Mesmo que ambos não admitam.

Callum é bem sucedido na área em que trabalha, que é marketing, porém não se pode dizer o mesmo da sua vida pessoal.
Solitário, ele tem uma tendência a não finalizar seus projetos fora do ambiente profissional e as reformas inacabadas em sua casa são prova disso.

Lilah é uma advogada ambientalista que esbanja energia e é apaixonada por seu trabalho, e apesar do que começa a sentir por Callum, ela não quer ter um relacionamento. Não pode.
Desde o início ela deixa claro que está em remissão de alguma doença, e tem medo de que possa voltar.


Os dois se esbarram algumas vezes por acaso, até que fica difícil resistir, então passam a ter um não relacionamento, mas Lilah não se abre, ela fala sobre tantas coisas, mas esconde um segredo de Callum, e toma decisões que ela acha que seria o melhor, mas será que está certa?
Gostaria de ter tempo para flertes e casos de amor bobos com homens que usam pomada no cabelo. Ah, se eu pudesse dedicar algumas noites ou semanas a isso e ver no que as coisas iriam dar... Não precisava ser "felizes para sempre" - felizes por enquanto serviria.

É difícil falar desse livro sem soltar spoiler, mas me apaixonei tanto por ele, e ele acabou comigo.

Desde o início a gente já sabe que a Lilah esconde alguma doença que está em remissão, mas nem por isso foi mais fácil que eu descobri o que era e sofri bastante, graças ao Dr. House eu já sabia do que se tratava.

Callum e Lilah tem alguns conflitos por causa das personalidades totalmente diferentes, mas Lilah o faz enxergar a vida com outros olhos, como a vida é bem mais que apenas trabalho, que família, amigos são sim importantes, mesmo que eles também sejam diferentes de você.

A narrativa é em primeira pessoa, principalmente sob o ponto de vista do Callum, e quando a Lilah narra, a gente entra na cabeça e no coração dela e conseguimos saber exatamente o que ela pensa / sente.

A gente demora um pouco para descobrir o que ela esconde, mesmo sabendo que é uma doença.

Gostei muito tando da Lilah quanto do Callum, e a forma que os dois se complementam.
a Lilah deixa marcas profundas em Callum, mas principalmente faz ele redescobrir quem é e dar um novo sentido para sua vida.

Os cenários são lindos, a história se passa na Austrália. Em Sydney mais especificamente.

O livro é lindo e recomendo demais a leitura, me emocionou bastante.

Comente com o Facebook:

20 comentários

  1. Olá
    estou bem curiosa quanto a essa leitura e acredito que irei ler em breve mesmo. Sua resenha ficou ótima e fiquei mesmo curiosa quanto aos personagens e os cenários.
    beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Ai, Angel!!! Eu não li esse livro mas me lembro que a gente conversou sobre ele enquanto você estava lendo e eu tenho certeza que ia chorar bastante com essa leitura e estou louca para conferir. Dr House é um vício né? kkkk Mas, voltando ao assunto. Acho que a história é muito intensa e que eu vou me apaixonar por esse livro. A capa é linda.

    ResponderExcluir
  3. Olá Angelica!
    Gostei muito de conhecer sua opinião sobre esse livro. Eu tenho muita curiosidade em ler, pois acho a ideia muito legal, apesar de ter me lembrado um pouco de Como eu era antes de você por conta dos personagens.
    Acho que a Lilah me encanencantara e ensinará muito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá... que resenha linda... já fiquei emocionado só com seu relato... Com certeza a dica está anotada. Amo muito os livros que mexem com as nossas emoções. E pude sentir nas suas palavras a emoção que foi ler esse livro. Ansioso para ler também. Obrigado pela dica... Até mais

    ResponderExcluir
  5. Oi, Angélica

    Só pelo título do livro já dá para perceber que se trata de alguma doença e eu até acho que sei o que acontece, mas mesmo assim quero ler o livro, pois acredito que seja bem emocionante mesmo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas adoro narrativas alternadas, e principalmente enredos emocionantes. Então é claro que preciso conhecer Lilah e seu segredo.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  7. Oi Angélica!
    Lembro-me de ter visto essa capa em algum lugar, mas não foi suficiente pra me fazer parar e procurar saber mais sobre a história. Fiquei bem surpresa e encantada com a trama, já estou curiosa pra saber qual é a doença que a protagonista teve e esconde. Fiquei bem curiosa pra conhecê-la! Adoro livros com a narrativa partilhada, é sempre bom ter uma visão mais ampla.
    Enfim, fiquei muito curiosa pelo livro... parece ter uma história ótima, apaixonante e reflexiva. E ah, nunca li nenhum livro que se passa na Austrália, já quero.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Angélica!
    Não conhecia o livro e lendo a sinopse + a sua resenha, acho que ele não faz muito meu estilo.
    Não sou das maiores fãs de livros que envolvem doenças - isso já me cansou um pouco. O interessante talvez desse seja que não sabemos qual doença ela tem. Como sou péssima nessas coisas de adivinhar e horrível em doenças, sei que só adivinharia quando o autor falasse, rsrs.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu já tinha me encantado pela simplicidade da capa, mas os seus elogios me deixaram bem curiosa para conhecer a história toda. Fiquei curiosa com o que ela esconde e acho que vou curtir bastante a leitura!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Hey!
    Essa não é a primeira resenha que leio desse livro, e eu gostaria muito de conhecê-lo, principalmente pelas motivações de ambas as personagens. Acredito que mesmo tendo o romance como plano de fundo, elas tem muito mais pra mostrar além disso. Eu não sabia que o segredo da Lilah era uma doença, descobri agora com a sua resenha, mas não sei se considero isso um spoiler ou não hahaha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, curti bastante o enredo do livro mesmo não sendo um gênero que eu leia com frequência e fiquei curiosa sobre qual doença a personagem esconde e porquê prefere esconder. Vou deixar a dica anotada.
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Conheço o livro e a autora, mas não li ainda e a sua é a primeira resenha que leio sobre esse livro. Me deixou com vontade de ler. Recentemente li um romance que se passava na Austrália também, amei o livro então acho que esse vai pelo mesmo caminho!
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu já li várias resenhas positivas sobre esse livro e tenho ficado cada vez mais curiosa.
    Apesar de não gostar de protagonistas com algum tipo de doença (fico sempre esperando que eles morram no final =/), a premissa desse livro me chamou a atenção, principalmente por conta dos personagens mais maduros.
    Fiquei curiosa sobre a doença da protagonista e como eles vão lidar com isso.
    A ambientação parece ótima!
    Gostei da resenha e pretendo ler a obra.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Flor, tudo bem?

    Já tinha vistos alguns comentários sobre o livro, mas nada excepcional a ponto de ansiar pela leitura.

    Após ler tua resenha fiquei curiosa, principalmente pelo fato, como você citou, de personalidades totalmente diferentes no enredo da história. Isso deixa a leitura mais fluída por queremos enxergar os dois lados da realidade.

    Leituras emocionantes são as minhas favoritas, mas não fazia ideia que o livro trazia esta proposta! Amei sua resenha.


    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. Olha, voou falar a verdade,o livro não estava me interessando até você falar da doença da personagem, claro que a viciada em greys anatomys já quer descobrir que doença é essa e mirabolar a cura para ela a partir dos meus conhecimentos medicinais de 8 temporadas de greys,kkkk

    ResponderExcluir
  16. Oi, livros de romance já me conquistam simplesmente por esse fato. Então ao já saber desse fato que os dois se apaixonam a primeira vista já me faz querer saber mais sobre. Agora o fato dela ter tido uma doença e estar se recuperando me faz ter um medo terrível do que virá pela frente, afinal meu coração é frágil e torço sempre pelo casal... Mas definitivamente com você falando com tanto amor dessa obra é impossível não querer ler, espero poder comprar o livro logo para realizar essa leitura!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem? Não tinha gostado muito da premissa do livro, mas sua resenha me animou um pouco mais. É bom saber que o livro te agradou, não sei se leria agora, mas vou ter a dica em mente. Pode ser um leitura emocionante para mim e um pouco diferente do que ando lendo. Obrigada, beijos.

    ResponderExcluir
  18. Olá Angel!
    Venho me surpreendendo ultimamente. Como já falei em outros comentários, não sou muito fã do gênero romance nos livros, e lendo algumas resenhas nos blogs, estou começando a ter curiosidade pela leitura. Gostei da sua resenha e a história parece ser interessante, espero ler em breve. Obrigada pela dica! Bjos

    ResponderExcluir
  19. Ai, eu terminei este livro faz poucos dias e me senti tão triste sabe. A história é tão bonita e a doença é tão dolorida. Já tinha lido um livro com este tipo e sei como era as explicações que ela fez. Mas acho que o cenário ajudou bastante na beleza da história e o final foi bem razoável para os corações.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Sabe que eu já ouvi falar muito desse livro, até sempre senti uma certa vontade em ler ele, mas não sabia exatamente do que se tratava. Adorei ver a sua resenha e descobrir que ele é um livro marcante e lindo. Eu sou suspeita de falar pois amo livros assim, e sua resenha está muito bem escrita e fiquei com mais vontade de ler ainda. Com toda certeza lerei em breve.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

 
A. Libri © Copyright 2017 ♥ Ilustração by Vexels.com ♥ Design by Kris Monneska.