Resenha: Paixão Libertadora, Sophie Jackson

Título: Paixão Libertadora
Título Original: An Ounce of Hope
Autora: Sophie Jackson
Editora: Editora Arqueiro
Páginas: 352
Compre: Amazon | Saraiva | Submarino
Segundo livro da trilogia Desejo Proibido - que teve mais de 4,5 milhões de visualizações on-line - , Paixão Libertadora é uma história sensual e apaixonante sobre segundas chances.
Max OHare já passou por muitos momentos difíceis na vida. Depois de perder um grande amor e ter que se internar numa clínica para se livrar das drogas, ele decide que é hora de trocar Nova York por uma cidade do interior, na tentativa de se reerguer ao lado da família.
É lá que ele conhece a deslumbrante Grace Brooks. Amante da arte e da fotografia, ela parece a mulher perfeita. Mas o que Max não sabe é que ela guarda a sete chaves a verdade sobre o próprio passado.

Atraídos um pelo outro, mas com medo das consequências que um relacionamento sério pode trazer a suas vidas já complicadas, eles fazem um pacto para que a relação seja apenas sexual, sem sentimentos envolvidos. Até que as coisas começam a mudar entre os dois...
Presos a grandes medos e a segredos profundos, Max e Grace precisam aprender a confiar de novo e se entregar um ao outro não apenas de corpo, mas também de alma.



Paixão Libertadora é o segundo livro da trilogia destruidora da Sophie Jackson.

O primeiro e o 1.5 trazem a história de Carter e Kat, este conta a história de Max, melhor amigo de Carter, e é dependente químico. Ele inicia o livro com seus conflitos internos, está na clínica de reabilitação, que ele finalmente concordou em ser internado.

Max não teve uma vida fácil. A mãe morreu quando ele era muito pequeno e alguns anos antes do início dessa história, perdeu o pai para o câncer, o que contribui para fazê-lo se afundar cada vez mais no mundo das drogas.

Quando Lizzie entrou em sua vida, e ele se apaixonou, isso foi sua salvação.

Só que o destino resolveu ser cruel com ele novamente, e depois de uma fatalidade, Lizzie o abandona, não bastasse o que ele já estava sofrendo, esse golpe o faz se perder de vez. Mas veja bem, ele deu motivos para Lizzie fazer isso, mas não vou dar spoiler né?

Tudo isso descobrimos conforme Max "se abre", já que o foco principal é o presente, e não o passado dele, embora este seja necessário para entendermos as decisões de Max ao longo da história.

Ele consegue se recuperar bem, e Carter está lá por ele, assim como Kat.

Só que Max se ressente da felicidade do amigo, apesar de amá-lo como a um irmão, os dois já passaram por muita coisa juntos, e Carter já se sacrificou por ele e vice-e-versa e por esses e outros motivos, Max se sente mal pela inveja que vem sentindo do amigo.

Apesar de todo o apoio do casal e outros amigos também, Max sente que precisa deixar sua vida em Nova York de lado por mais um tempo.

Riley está cuidando da oficina, na verdade ele vem cuidando dela desde que Max foi internado, enão ele resolve passar um tempo no condado de Preston, West Virginia, com seu tio Vince e a família.

É lá que Grace entra em sua vida.

Grace tem seus próprios demônios, e se mudou para Preston em busca de um recomeço.

Ela é uma mulher linda (imaginem a Rihanna. Pois é!) , só que ela não tem consciência disso, devido à alguns traumas de um passado não tão distante.

Ela acaba de comprar uma casa em Preston, que está passando por reforma, e enquanto isso ela fica hospedada na mesma pensão que Max.

A aproximação de Grace e Max é lenta. Ele está fechado para qualquer aproximação mais profunda e ela, como eu disse, tem seus próprios demônios e problemas de confiança, principalmente quando se trata do sexo masculino.

Apesar de seu passado, Grace é uma pessoa que procura se manter positiva e quando ela e Max começam a se aproximar, a princípio com uma amizade despretensiosa, ela tenta passar para ele essa positividade para ele.

Não é fácil para os dois se abrirem, nem admitirem a crescente atração.

Só que com Max, Grace tem uma chance de superar seu passado traumático, e ele por sua vez, de redescobrir o que é amar.

Paixão Libertadora é um romance arrebatador, que não fala só de amor, mas de amizade, confiança, superação, segundas chances.

Quando se abre, Mas se revela um cara incrível, que apesar de ter feito muitas escolhas erradas, faz tudo por aqueles que ama, e é um artista.

Grace apesar de sua fragilidade, seus traumas, é uma mulher forte, inteligente e uma fotógrafa super talentosa.

Carter dá as caras aqui em alguns momentos, Riley também tem um papel importante, e mostra um lado diferente do que imaginávamos, e por falar nele, acredito que venha livro dele por aí (quero!).

A Escrita da Sophie é fluída e a narrativa em terceira pessoa, intercalando os pontos de vista dos personagens não deixa nenhuma ponta solta.

Vale ressaltar que este é o segundo livro, mas nem por isso você precisa necessariamente ler o primeiro, já que cada livro é sobre um casal, porém pode pegar spoilers indesejados do primeiro livro.

Nem preciso dizer que amei o livro e super recomendo né?

Sim, as nuvens negras do passado continuavam a acompanhá-la; mas, com a casa e o emprego, ao menos agora elas tinham belos contornos prateados.
Ele não desejava ter o ego massageado. Só queria se certificar de que ela tinha curtido e que os demônios que ele sabia que ela carregava não a estavam assombrando por trás daquele sorriso deslumbrante.
Ele não a queria. Não do jeito que ela o queria. Ele estava ocupado demais se apegando ao passado para enxergar o que estava bem à sua frente. 

22 comentários:

  1. Oi Angélica,
    A história parece boa, um relacionamento entre duas pessoas "complicadas" que vão ser redescobrindo mutuamente. Mas não consegui me envolver a ponto de surgir aquela curiosidade, sabe?
    Quem sabe mais à frente a minha opinião mude e eu dê uma chance a obra.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu já li esse livro e adorei a escrita da autora, bem como seu desenvolvimento de cenário e personagens, que são mesmo bem diferentes e complexos, cada um a sua maneira. É o segundo livro, mas eu prefiro seguir a ordem e ler o primeiro antes, que foi como fiz. Sua resenha ficou maravilhosa ♥
    Boas leituras!!!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Angelica,
    Estou louca para ler os livros da série, pois acho a premissa muito interessante. Gostei de conhecer um pouco da história dos personagens e achei legal a Grace ter mantido a fé e otimista. Louca para saber como será a aproximação deles.
    Dica anotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Essa é uma série que eu não tenho muito interesse e começo minha antipatia por ela por causa da capa. Mas tenho que tem bastante gente lendo e quem curte o gênero, tem apreciado. Estou um pouco saturada de personagens femininas frágeis, então é certo que pelo menos agora, não iria curtir a leitura.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Sua resenha está ótima. Sempre digo por aí que minha preferência não são trilogias, mesmo que esse livro em questão possa ser lido sem precisar ler o anterior, não senti tanta afeição pelo enredo. Percebi ser um tanto dramático, pelo início de tudo e tal.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Eu ainda não conhecia essa trilogia mesmo com todo o sucesso é visualização que ela tem. Mas esse gênero não me atrai muito e o enredo não chamou minha atenção.
    Vou deixar para uma próxima dica.
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Oi, Angel. Eu ainda não li os livros dessa série mas estou louca para ler. Achei a premissa desse, muito intensa e acredito que eu vá gostar muito quando parar para ler. Achei bem legal saber que pode vir um livro do Carter por aí e, mesmo sem ter lido os livros da série, eu também já quero =D

    ResponderExcluir
  8. Oie, adorei a sua resenha e já me interessava pelo primeiro livro dessa série e o segundo me interessa mais ainda. Acho que a autora soube escolher muito bem o tema de dependentes químicos e sua superação, e fiquei bem ccuriosa com quais os traumas da grace. Espero poder conferir em breve

    ResponderExcluir
  9. Oi Angélica, também amei este livro. Grace e Max acabaram se resgatando, e foi muito bom acompanhar a evolução deles. Adorei o fato de nossa protagonista ser negra.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Angélica, tudo bem?

    Eu estava mega ansiosa para começar a trilogia da Sophie, mas me decepcionei profundamente com o primeiro livro. Achei que o livro tem umas passagens bem infelizes, como quando Carter chega a falar que Kat "merecia apanhar se não fosse tão bonita"...ok, então se ela fosse feia merecia? Enfim, sou bem chata com certas coisas, acho que algumas autoras querem criar um personagem machão, mas erram feio na hora da construção.
    Mas apesar de não ter curtido o primeiro livro, resolvi ler o conto. Até curti um pouco, pois Carter estava mais decente.
    E como o Max é um personagem com uma carga dramática mais pesado, talvez a história seja mais interessante.
    Eu vou ler, pois não gosto de começar uma série/trilogia e não terminar, mas ainda vou demorar um pouquinho para fazer isso.

    Desculpa o comentário gigante...me empolguei! hahahahah

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Não conhecia a série, mas com certeza não leria. Começando pela capa, que me desagrada bastante.
    Essa coisa de tornar todas as personagens fracas também me irrita bastante, então passo a dica.
    Que bom que curtiu!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi flor, acho que mesmo você pontuando que pode ser lido antes pois são de casais diferentes, acho melhor seguir lendo tudo direitinho né? kkk Enfim, voltando ao livro fiquei super feliz em saber que a autora conseguiu fazer uma narrativa onde não deixou pontas soltas e que mostra os pontos de vários personagens. Isso é bom pois temos uma visão mais ampla e tal. Enfim, dica anotada viu.

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Eu ainda não li esse livro, mas tenho muita curiosidade, pois já conheço a narrativa da autora, e é linda. Com certeza, será uma história bem romântica, daquelas que nem se percebe a leitura. Muito bom.

    XoXo, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  14. Olá,ouço falar desse série sempre pois uma amiga minha é completamente apaixonada por ela então já viu né ? enxe meus ouvidos para ler, mas eu não me sinto muito curiosa pela série apesar de você e minha amiga terem gostado muito, kkk mas amei o fato da protagonista ter as características da rihanna,sempre que estou lendo um livro tendo imaginar a personagem como alguém famosa que já conheço.
    bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi!

    Já ouvi muitas coisas boas sobre a autora, então to querendo ler. O problema é que to meio saturada de romances assim, li muitos nos últimos meses. Mas sei que ela é uma boa autora e sua escrita é ótima. Vou ler o outro livro e esse mais pro fim do ano, ainda mais com MAIS uma resenha positiva dele. Haha.


    bjsss

    ResponderExcluir
  16. Olá,

    Li somente o primeiro livro da série, mas estou morrendo de vontade de conhecer este segundo também. Não sabia que se tratava da história do Max, que confesso que nos primeiros livros me irritou bastante por sempre parecer estar levando o Carter para o mal caminho. Mas agora com a sua resenha consigo ficar mais afeiçoada a história e com muita vontade de ler esta obra também.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  17. Oiee ^^
    Eu me encantei pelo Max no primeiro livro, sabia que ele era um cara especial...hehe' estou mega doida para ler este livro e vê-lo feliz, ele bem que merece, né? Estou com saudades do Carter ♥ Enfim, fico feliz em saber que você gostou do livro, a Grace parece ser uma mulher extraordinária, estou curiosa para saber mais sobre o passado dela.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Não gosto muito do gênero, mas esse parece ser ótimo!
    É bom saber que a escrita da autora é bem fluída e que não precisar ler na ordem.
    Adorei saber que o livro conta uma personagem feminina forte, adoro livros assim!
    Ótima resenha!
    Assim que possível, lerei.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  19. Não me interessei por não ler livros do gênero, mas gosto de romances em que um ajuda o outro e ao mesmo tempo não querem admitir a atração, a escrita parece ser excelente e complexa, achei a capa linda

    ResponderExcluir
  20. Eu adoro quando o escritor ou escritora tem essa escrita fluida, que só leva a gente e quando mostra o ponto de vista dos personagens. Mas, infelizmente não me interessei por essa história, simplesmente não me chamou a atenção.
    abraços.

    ResponderExcluir
  21. Oi Angélica, tudo bem?
    Uau devo dizer que já faz um bom tempo que morro de vontade de ler esse livro e sua resenha me deixou mais curiosa ainda. Parece ter um romance intenso e super envolvente, com toda certeza já quero ele para ontem. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  22. Hi baby, tudo bem? não conhecia essa trilogia, mas parece ser muito interessante e uma historia muito intensa! já gostei hehe

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.