Resenha: A Menina dos Olhos Molhados, Marina Carvalho

23 março 2017



Título: A Menina dos Olhos Molhados
Autora: Marina Carvalho
Editora: Globo Alt
Páginas: 296
Compre: Amazon | Submarino
Bernardo é jornalista por vocação: curioso, comprometido e muito bom com as palavras. Trabalha há anos em um importante jornal da cidade e suas matérias investigativas são sempre elogiadas. Ele só tem uma limitação... Odeia trabalhar em equipe. Há alguns anos, Bernardo sofreu com uma grande decepção amorosa, o que contribuiu para o seu jeito fechado e antipático. Por isso a incumbência de levar Rafaela – a nova estagiária do jornal – para todos os lugares é como o inferno para ele. Bernardo não perde nenhuma oportunidade de evitá-la, mas Rafa, além de ser uma jornalista extremamente talentosa, não engole desaforo. Com o passar dos dias, Bernardo percebe que não conseguirá seguir seu plano de ignorar a estagiária, muito menos todos os sentimentos que ela desperta nele. Entre reportagens intrigantes e perigosas, eles vão descobrir que têm muito mais em comum do que a imensa paixão pelo jornalismo...
A Menina dos Olhos Molhados foi um livro que me fez matar a saudade de personagens muito queridos!

Conta a mesma história de Azul da Cor do Mar, mas sob o ponto de vista de Bernardo, que é um jornalista excelente, porém individualista, mau humorado, que fica inconformado quando descobre que será orientador de Rafaela, uma estagiária bem esquentadinha e desastrada.

Os dois vivem em pé de guerra já que Bernardo faz questão de não cumprir seu papel como deveria, e ela por sua vez não deixa barato.
Só que por trás desse ódio todo se enconde uma atração e também admiração um pelo outro e que não para de crescer.


Em Azul da cor do Mar a história é contada pela Rafaela e já me deixou apaixonada pelo Bernardo, mas como aqui ele é quem conta tudo, a gente passa a entender as motivações dele.
Ele sofreu uma grande decepção no passado e se fechou depois disso.
Além disso temos Bernardo em seu dia a dia, reuniões com a família, seu cachorro Cid e como ele chegou onde está hoje, gostei de entrar na cabeça dele!

Quem ainda não leu Azul da Cor do Mar pode ler tranquilamente, porém aconselho a ler na ordem, e a história contada pela Rafa é maravilhosa!

Como eu amo o Bernardo, é claro que este livro foi um presente (e literalmente também, ganhei de amigo secreto, rs), e li super rápido, pois a história é uma delícia e a escrita da Marina é super fluída, quando percebi já tinha terminado!
A Menina dos Olhos Molhados, penso. É a segunda vez na vida que encontro uma garota com esse tipo de olhar.

Comente com o Facebook:

11 comentários

  1. Olá, tudo bem?

    Não conhecia nenhum dos livros, achei a capa bem fofinha.
    Gostei da sua resenha, talvez eu coloque esse livro na minha lista de compra .


    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Não conhecia o título anterior desse livro. A capa é bem lindinha e sua sinopse e resenha nos levam a crer que o livro é de leitura leve e dá pra ler em uma tacada só.
    Gostei da dica e o melhor é que os nacionais tem sobressaído bastante!
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  3. Oi Angélica
    Que bacana sua resenha!
    Eu AMEI Azul da cor do mar e adorei os personagens!
    Também estava com saudades deles, mas ainda não li A menina dos olhos molhados, embora já esteja na minha lista
    Gosto muito, muito da escrita da Marina, que além de talentosa é uma fofa!
    Quero ler logo, ainda mais depois da sua resenha
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Angel, eu estou louca para ler esse livro e inclusive foi você quem me deixou curiosa com ele ao ponto de me fazer comprar!

    ResponderExcluir
  5. a capa tá muito bonita,mas por se tratar dessa autora, vou passar a dica... tentei ler Azul,mas não fui muito além das páginas... achei a escrita enfadonha... mas para quem curtiu a leitura, certamente esse lançamento da GloboAlt vai encantar...bjs...

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu adicionei esse livro no skoob, mas nem sabia que tinha livro um.
    Agora além de não ter lido esse, terei de ler o outro, kkk.
    Mas enfim, deu pra entender que é aquele tipo de romance de: te odeio, mas te amo.

    ResponderExcluir
  7. Não sabia que este livro era o ponto de vista de Bernardo! Surtei aqui, pois amei Azul da Cor do Mar... Aliás, eu e minha sobrinha, que quando souber vai querer para ontem, assim como eu. A capa está linda, e sendo da Marina, é certeza de uma boa leitura.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Eu já tinha visto a capa dos dois livros, mas não sabia do que se tratava a história.
    Confesso que a sinopse não chamou minha atenção, pois parece que agora todo livro de romance traz um protagonista masculino que se fechou por causa de algum trauma/traição do passado, mas que no fundo é uma boa pessoa. No entanto, depois de ler a sua resenha fiquei mais curiosa. Vou anotar a dica e dar uma chance para esta leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá tudo bem?
    Não sabia que contava a mesma história de Azul da Cor do Mar. Esse livro está na minha lista faz um tempinho mas ainda não consegui ler. Fico feliz que tenha gostado desse narrado por outro ponto de vista. Acho que vou procurar mais a respeito.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Não li o primeiro livro, na verdade nem o conhecia até então. Vou procurar por ele, pois da forma como você falou do seu encantamento pela história, sinto que preciso conhecê-la também.

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem? Não conhecia o primeiro livro, no entanto este me chamou a atenção pela capa para ser sincera. Senti falta de mais da sua opinião, achei que basicamente você falou mais da história do livro e menos da sua opinião sobre ela.

    ResponderExcluir

 
A. Libri © Copyright 2017 ♥ Ilustração by Vexels.com ♥ Design by Kris Monneska.