Resenha: Eternamente Você, Sophie Jackson

Título: Eternamente Você
Título Original: Love and Always
Autora: Sophie Jackson
Editora: Editora Arqueiro
Páginas: 80
Quando conheceu o arrogante presidiário Wesley Carter em Desejo Proibido, a professora Kat Lane sentiu um misto de atração e ódio. Mas, à medida que o relacionamento entre eles se intensificou, ela descobriu um novo lado de seu aluno e se apaixonou por ele.
Agora os dois resolvem se casar, mas a mãe de Kat não fica nem um pouco satisfeita com a notícia do noivado. Além disso, Carter acaba de assumir a presidência da empresa da família, uma grande responsabilidade em sua nova vida fora da prisão, e precisa apoiar seu melhor amigo, que não consegue se livrar das drogas.

Equilibrar problemas pessoais, da família e de um negócio de bilhões de dólares não deixa muito tempo para o casal aproveitar a vida a dois.
Em meio a esse turbilhão, será que Carter e Kat vão conseguir manter a chama da paixão acesa?


Depois de todas as dificuldades que tiveram para ficar juntos em Desejo Proibido, como o fato de ele ser aluno de Kat, a desaprovação da mãe dela, a intervenção de Austin, primo filho da puta de Wes, e o próprio temperamento difícil dele, finalmente estão vivendo o amor que estão destinados a viver.

Em Eternamente Você, Carter e Kat ficam noivos, e acompanhamos como foram as festas de final de ano com amigos e família depois de pouco mais de um ano juntos.

A preocupação de como a mãe de Kat reagirá ao anúncio, como Max está na clínica de reabilitação, o que é importante, uma vez que o próximo livro será sobre ele.

Não tem muitas reviravoltas, o conto é curtinho, tem apenas 80 páginas, o que me deixou agoniada porque quero sempre mais de Carter!

A narrativa da Sophie em terceira pessoa é super envolvente e fluída e eu amo!
Tem algumas cenas quentes é claro, com Kat e Wes não poderia ser diferente, mas como sempre, tudo dentro do contexto.

Eu amei ter mais um pouco desse casal lindo que eu amo!

Como o conto é curto, não falei muito sobre para não dar spoilers, mas só digo uma coisa: leiam Sophie Jackson, essa mulher é demais!


0 comentários:

Postar um comentário

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.